Como funciona o ranqueamento do Google

Como funciona o ranqueamento do Google

A vários anos o Google está aprimorando seu indexador de conteúdo, bem como a forma que ranqueia os sites em suas pesquisas. A alguns anos baseava-se em palavras-chaves fundamentalmente, mas como deve imaginar, vários sites enchiam seus códigos com palavras que nem sempre referiam-se aos seus segmentos de atuação. Para entregar um melhor conteúdo nas suas pesquisas, após várias atualizações, chegou-se a um indexador mais justo, digamos assim.

Atualmente o Google possui diversas políticas e regras que regem o ranqueamento de suas pesquisas, vamos listar algumas delas aqui.

 

Código fonte

Para um site estar bem ranqueado, ele precisa ser bem desenvolvido, o código fonte do site precisa seguir várias regras de desenvolvimento, código claros, consisos e principamente limpos, mas o que isso quer dizer?

 

Regras de desenvolvimento

Todo website deve ser criado conforme a necessidade do cliente, por exemplo, um site de uma mecânica, não tem porque ele ter códigos referentes a uma loja de roupas. Muitos desenvolvedores utilizam plataformas prontas, que para abranger todos os segmentos, embutem em seus códigos diversos plugins, e nem sempre isso é bom, pois o deixa mais pesado, o que vai contra uma das políticas, que é a velocidade de carregamento do site.

Velocidade de carregamento do site

Um dos principais fatores que influenciam o ranqueamento, é a velocidade do site. O Google recomenda que o ele seja leve e rápido de abrir, pois a muitos anos os acessos a site via dispositivos móveis ultrapassou os acessos via desktop, o que torna óbvio que ele precisa ser leve.

 

Conteúdo do site

Outro fator principal para o ranqueamento é o conteúdo do site. O site precisa conter conteúdos relevantes ao segmento de atuação, por exemplo, um website de uma mecânica pode falar sobre novas tecnologias de de freios, de chapeação e assim por diante.

Como costumamos falar a nossos clientes, essa parte do ranqueamento as vezes pode assustar um pouco, pois da a entender que vão precisar dispor de várias horas da sua semana para ficar criando conteúdos, que muita vezes seus clientes nem leêm, mas não é bem assim. É claro que criar conteúdos não é sempre uma tarefa fácil, é muito indispensável, não somente para seus clientes, mas também para ser encontrado no Google por novos clientes. Não é necessário criar 4 postagens por semana por exemplo, 1 por semana já ajuda muito no ranqueamento, pois com o tempo, existirão muitos conteúdos no seu site que serão vias de acessos para a sua empresa.

Já listamos aqui em outro post, 5 conteúdos indispensáveis para o seu site, clique aqui para conferir.

 

Certificado SSL

Um ponto é um ponto central também para o ranqueamento, é ter um certificado SSL instalado em seu site, mas não vamos falar dele aqui, pois temos outra postagem em nosso blog falando somente sobre ele.

Você pode clicar aqui e saber mais sobre o certificado SSL.

Existem muitos outros fatores que influenciam nas pesquisas do Google, mas vamos deixa para outro post.